Nenhum Homem é uma Ilha – John Donne

Os sinos dobram por ti…

Poesias Preferidas

For_Whom_The_Bell_Tolls_movie_scene (Cena do filme “Por quem os sinos dobram”)

Nenhum homem é uma ilha, isolado em si mesmo; cada ser humano é uma parte do continente, uma parte de um todo. Se um torrão de terra for levado pelas águas até o mar, a Europa ficará diminuída, como se fosse um promontório, como se fosse o solar de teus amigos ou o teu próprio; a morte de qualquer homem me diminui, porque sou parte do gênero humano. E por isso não pergunte por quem os sinos dobram; eles dobram por ti.

John Donne
in Meditações – XVII (1623)

Este trecho do sermão de John Donne serviu de inspiração ao romance “Por quem os sinos dobram”, do escritor Ernest Hemingway (1940),  mais tarde adaptado a filme de mesmo nome (1943).

No man is an island, entire of itself; every man is a piece
of the continent, a part of the main. If…

Ver o post original 143 mais palavras

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s