O carnaval que ninguém viu

É UM CARNAVAL…….

transversos

colombina

Carnaval intrigante este que ninguém viu, que ficou no reino das possiblidades em oposição ao outro, o que dá os braços ao status quo, ignora seus garis que não sambam sorrisos, festeja o infestejável, como a reforçar nossa natureza feliz e ordeira.

Muitos dos enredos e da abordagem dada a eles é de envergonhar qualquer manifestante que tenha colocado os pés na rua no ano passado, pois possuem a incrível capacidade de escamotear completamente o momento político que estamos atravessando. Fica até parecendo que o que vivemos foi invenção do Le Monde ou do NYT.

Uma das minhas primeiras reflexões surge em forma de questionamento: como retratar a favela com sua multiplicidade cultural, sua dinâmica geográfica específica e não abordar a usurpação de direitos, o genocídio da juventude negra e pobre, o desaparecimento e assassinato dos Amarildos? O desfile mais parecia o elogio ao bom trabalho das UPPs, uma propaganda…

Ver o post original 443 mais palavras

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s